Aspectos translíngues e imigração: o que se vê na mídia, o que se entende do outro e de si

Autores

  • Rosileny Ribeiro Leite Universidade Federal de Mato Grosso do Sul
  • Nara Hiroko Takaki Universidade Federal de Mato Grosso do Sul

Resumo

RESUMO

Este texto é um relato de uma pesquisa de iniciação científica, a qual está inserida num projeto maior intitulado Ler se lendo: tecnologias, mídia e imigração e focaliza encontros atuais de imigrantes e brasileiros pelas novas mídias. No processo de interação do eu com o outro, a linguagem constrói realidades em situações singulares. Nesse sentido, este artigo integra descrição, explicação e análise de um vídeo-reportagem na mídia considerando aspectos translíngues e multimodais relacionados à presença de imigrantes recentes no Brasil. O objetivo é investigar como a relação Brasil e imigrantes recentes corrobora práticas de linguagem, de recursos usados estrategicamente para a manutenção de determinadas forças nas relações do entendimento do outro e de si pelas diferenças. O trabalho provém de metodologia qualitativa e interpretativa e está situado na perspectiva de letramento crítico elaborado por Cervetti, Pardales e Damico (2001), Silva (2014), dentre outros, de multimodalidade por Kress (2010), Monte Mór (2010) e de noções de translingualismo de Canagarajah (2013a, 2013b). Os resultados desta pesquisa de Iniciação Científica indicam uma visão de que o Brasil nem sempre está de “braços abertos” aos imigrantes, quando se investigam questões de língua/linguagem de acordo com as concepções teóricas selecionadas para a análise e discussão da reportagem. Infere-se, a partir daí, que é desejável ouvir o imigrante e tentar compreendê-lo em seu contexto com seus valores transculturais. Para tanto, concluiu-se que o entendimento do lugar social intensamente multimodal e translíngue em que relações de poder se movem desigualmente pode alertar telespectadores que assistem às reportagens que a mídia difunde. No âmbito educacional, mostraram-se fundamentais tanto o ensino de línguas/linguagens, de formação de professores de línguas, de usos das novas mídias quanto o componente conscientização de que as imagens de sujeitos e as realidades são socialmente criadas nas relações particulares.

Palavras-chave: Estudos críticos de translingualismo; Multimodalidade; Imigração na mídia.

 

ABSTRACT

This text is the report of a scientific initiation. This scientific initiation is part of a broader research entitled Reading the other while reading myself: technology, media and migration which focus on encounters of immigrants and Brazilians on the new media. In the process of interaction between the self and the other, language constructs realities in specific situations. In this way, this paper integrates description, explanation and analysis of news video clip considering translingual and multimodal aspects related to the presence of immigrants in Brazil. The aim is to investigate how the relationship between Brazil and recent immigrants corroborates practices of language, of resources strategically used to maintain certain forces in the understanding of the relationship between the other and myself through differences. This work comes from a qualitative and interpretative methodology and is situated in the perspective of critical literacy developed by Cervetti, Pardales and Damico (2001), Silva (2014), of multimodality by Kress (2010), Monte Mór (2010) and notions of translingualism by Canagarajah (2013a, 2013b). The result of this research of Scientific Initiation indicates a vision that Brazil does not always show "open arms" to the immigrants, when one investigates questions of language in accordance with the concepts selected and language to the analysis and discussion of such piece of news. It is inferred that listening to the immigrant to try to understand him/her from within his/her context with his/her transcultural values is desirable. For that, understanding the social place which is highly multimodal and translingual, in which relations of power move unevenly can enhance the audience´s ability to watch news widespread by the media. In the educational field, the teaching-learning of languages and language teacher education, uses of the new media, awareness of the fact that the subjects´ images and realities are socially constructed within specific relations proved to be relevant.

Keywords: Critical Studies of translingualism; Multimodality; Migration on the media.

Biografia do Autor

Rosileny Ribeiro Leite, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul

Possui graduação em Comunicação Social - Jornalismo pela Uniderp/MS, especialização em Comunicação e Mkt em Mídias Digitais e é acadêmica de Letras (Inglês/Português), na UFMS, Campus de Aquidauana. É diretora do Núcleo de Produção e Divulgação do Turismo, na Fundação de Cultura/Turismo de Aquidauana, locutora e jornalista na Rádio América FM 100.9, em Aquidauana e professora do PRONATEC/Comunicação Visual, em Aquidauana. É graduanda de Letras da UFMS, Câmpus de Aquidauana.

Nara Hiroko Takaki, Universidade Federal de Mato Grosso do Sul

Possui Bacharelado em Inglês e Português pela Faculdade de Letras, Filosofia e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo, Licenciatura em Inglês e Português pela Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo, Mestrado, Doutorado e Pós-doutorado pelo Programa de Pós-Graduação em Estudos Linguísticos e Literários da Universidade de São Paulo. É professora adjunta IV da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul. Leciona no Curso de Letras e no Programa de Pós-Graduação, Mestrado em Estudos de Linguagens da UFMS. Tem experiência na área de Letras, Linguística, com ênfase em Linguística Aplicada. Atua com os seguintes temas: inter-multi-transculturalidades, multi-inter-trans-disciplinaridades, línguas/linguagens e sociedade, interpretação/construção de sentido, translingualismos, novos letramentos, multiletramentos, letramentos críticos, tecnologias aplicadas ao ensino, éticas pós-coloniais em ontologias, epistemologias, metodologias de ensino e pesquisa, formação de professores, material didático. É autora dos livros: 'Leitura na formação de professores de inglês da rede pública: a questão da reprodução de leitura no ensino de inglês' e de 'Letramentos na Sociedade digital: navegar é e não é preciso'. Coautora de Letramentos em Terra de Paulo Freire e de Construções de sentido e letramento digital crítico na área de línguas/linguagens.

Downloads

Publicado

2017-12-30