Saúde e Movimento: Desafio da educação física escolar

Autores

  • Gildiney Penaves de Alencar Rede Municipal de Ensino de Campo Grande (REME), Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), Instituto de Educação e Pesquisa Alfredo Torres (IEPAT) e Universidade Norte do Paraná Polo Campo Grande (UNOPAR CG)
  • Gabriel Elias Ota

Resumo

O desafio da Educação Física Escolar está pautado em motivar as crianças e os jovens para a prática da atividade física e manter um estilo de vida sempre ativo. O que geralmente se vê é que os adultos têm consciência sobre a importância do exercício, porém não o praticam. Já as crianças e os jovens normalmente gostam das aulas de Educação Física, praticam as atividades propostas, mas não adquirem a consciência e o conhecimento necessários para continuar se exercitando quando saem da escola. Neste sentido, o objetivo deste relato de experiência é de descrever as atividades desenvolvidas no Projeto “Atividade Física e Saúde”, evidenciando a efetividade do presente como intervenção em uma turma de 9º ano do Ensino Fundamental da Rede Municipal de Ensino de Campo Grande, Mato Grosso do Sul. O projeto teve como objetivo principal incentivar a prática da atividade física através das aulas de Educação Física por meio de ações e reflexões voltadas para a saúde e sua relação com o movimento, de modo com que os alunos conseguissem aliar os conhecimentos teóricos aos práticos e se baseou nas seguintes ações: a) Capacitação teórica e prática; b) Reunião com pais e responsáveis; c) Aplicação de avaliação teórica diagnóstica online; d) Intervenção; e) Aplicação de avaliação teórica final online. Participaram do projeto 28 alunos, os quais na avaliação teórica diagnóstica obtiveram um score de conhecimento correspondente a 6,1 pontos (±1,7) e, após a intervenção, na avaliação teórica final, o score de conhecimento aumentou para 7,4 pontos (±1,4). Conclui-se que ao término do projeto, o mesmo alcançou seu objetivo principal de incentivar a prática da atividade através das aulas de Educação Física e os conhecimentos referentes à atividade física e saúde aumentaram, mesmo em curto espaço de tempo, contribuindo para um estilo de vida ativo.

Palavras-chave: Atividade Motora, Educação Física, Estilo de Vida Saudável.

Biografia do Autor

Gildiney Penaves de Alencar, Rede Municipal de Ensino de Campo Grande (REME), Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS), Instituto de Educação e Pesquisa Alfredo Torres (IEPAT) e Universidade Norte do Paraná Polo Campo Grande (UNOPAR CG)

Graduado em Educação Física pela Universidade Católica Dom Bosco (UCDB/MS) - Licenciatura (2014) e Bacharelado (2015). Especialista em Fisiologia do Exercício e Treinamento Esportivo (2016) pelas Faculdades Integradas de Cassilândia/Instituto de Educação e Pesquisa Alfredo Torres (FIC/IEPAT/MS). Atualmente é aluno regular do Programa de Pós-Graduação (Mestrado) em Saúde e Desenvolvimento na Região Centro-Oeste (2018-2020) na Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (UFMS) e aluno regular do Programa de Pós-Graduação (Especialização) em Educação Física Escolar e Inclusiva (2018-2019) nas Faculdades Integradas de Cassilândia / Instituto de Educação e Pesquisa Alfredo Torres (FIC/IEPAT/MS). É Professor de Educação Física do Quadro Efetivo da Secretaria Municipal de Educação de Campo Grande, Mato Grosso do Sul (SEMED) lotado na Escola Municipal Professor João Cândido de Souza e Professor Tutor Presencial na Universidade Norte do Paraná - Polo Campo Grande (UNOPAR/CG) no Curso de Licenciatura e Bacharelado em Educação Física.

Downloads

Publicado

2019-08-23

Edição

Seção

Relato de experiência profissional