A gestão escolar e o projeto político pedagógico: impasses e perspectivas no Programa Escola Aberta no município de Campo Grande/MS

Luiz Eduardo Sinésio, Suely Carneiro Mascarenhas

Resumo


O presente estudo propõe analisar características e opiniões da comunidade escolar, o local referente ao Projeto Político Pedagógico e o Programa Escola Aberta, que atende nos finais de semana, três (03) escolas públicas do município de Campo Grande, estado de Mato Grosso do Sul, que fizeram adesão referido programa. Tem como objetivo investigar de que maneira a formação continuada dos gestores escolares participantes do curso de pós-graduação lato sensu em Gestão Comunitária para Educadores do Programa Escola Aberta/2009, contribuiu para criar possibilidades de mudanças na atuação do gestor escolar, com a participação da comunidade. Os procedimentos metodológicos da pesquisa assumiram característica descritiva, com uma abordagem qualitativa e quantitativa, pesquisa de campo e documental. Identifica-se na pesquisa que o curso proporcionou fundamento teórico e prático para os gestores buscarem subsídios no intuito de possibilitar ações de uma visão de gestão democrática, participativa e comunitária. Como referencial teórico para o desenvolvimento deste trabalho foram listados os seguintes autores: Vasconcelos (1995), Veiga (2001), Paro (2006), Nóvoa (1995), e Leão (2005).  Identificamos neste estudo, que o curso proporcionou embasamento teórico e prático para os gestores na busca de subsídios a fim de permitir ações em uma visão de gestão de democrática, participativa e comunitária. Verificou-se, então, um paradoxo entre o que se diz e o que se faz, tornando-se um grande desafio para os gestores no sentido de possibilitar aspectos práticos na maneira de repensar os processos educativos postos na escolarização contemporânea.

Palavras-Chave: Gestão escolar. Projeto Político Pedagógico. Programa Escola Aberta.

Abstract

The present study aims to analyze characteristics and opinions of the school and local community regarding the Political Pedagogical Project and the Open School Program, which takes place on weekends, in three public schools in the municipality of Campo Grande, Mato Grosso do Sul, which joined the Open School Program. Aims to investigate how the "Continuing Education" School Managers' course participants of lato sensu Post-graduation in Community Management for Open School Program /2009, contributed in creating possibilities for changes in school management, with the participation of the community. The methodological procedures of the research assumed characteristics exploratory, descriptive and documentary, with qualitative and quantitative approach. As a theoretical framework for the development of this work were listed the following authors: Vasconcelos (1995), Veiga (2001), Paro (2006), Nóvoa (1995), and Leão (2005). We have identified in this study that the course provided theoretical and practical foundation for managers to seek grants in order to enable actions in a management vision of democratic, participatory and community. Featuring therefore a paradox between what is said and what is done, becoming a major challenge for managers in order to allow practical way to rethink the educational processes put in contemporary schooling.

Keywords: School management. Pedagogical political project. Open School Program.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.